Campus Santa Mônica terá dois dias de vacinação contra Caxumba, Sarampo e Rubéola

Campus Santa Mônica terá dois dias de vacinação contra Caxumba, Sarampo e Rubéola!
Secretaria Municipal de Saúde disponibilizará doses da vacina
por Autor: Letícia Brito (Estagiária de Graduação)
“É importante ter em mãos o cartão de vacinas. (Foto: Milton Santos)
Nesta quarta-feira (12/04), no Campus Santa Mônica, será oferecida a vacina tríplice viral, que protege contra três doenças: caxumba, sarampo e rubéola. De acordo com a coordenadora do programa de imunização da Secretaria de Saúde de Uberlândia, Cláudia Oliveira, a ação acontecerá porque há incidência de caxumba em Uberlândia.
"Não é um surto, é um aumento de casos, e se trata de uma vacinação preventiva para bloquear a doença, não uma campanha de vacinação", esclarece. O setor de epidemiologia da Secretaria de Saúde informou que, de 1º de janeiro a 31 de março de 2017, foram registrados 33 casos de caxumba em Uberlândia. No mesmo período do ano passado, houve seis registros.
Segundo o diretor de Qualidade de Vida do Estudante da UFU, Cláudio Barbosa, a vacinação é aberta a toda a comunidade acadêmica. Porém, o maior número de casos registrados foi em cursos de Engenharias do Campus Santa Mônica e, por isso, a vacinação desta quarta-feira tem foco nesses alunos, para "bloquear a doença", conforme explicou a coordenadora da Secretaria de Saúde. Na próxima semana, terça-feira (18/04), haverá outro dia de vacinação, mais amplo.
Sobre a caxumba
A caxumba é uma doença viral, transmitida por meio de gotículas de saliva: por espirro ou tosse, por exemplo. Causa inchaço da  parótide, uma das glândulas que produzem saliva. As informações são do professor de doenças infecciosas Marcelo Simão, do curso de Medicina da UFU.
Simão explica ainda que, além do inchaço no rosto, pode haver febre alta, dor no corpo, dor de cabeça e mal-estar. Os sintomas desaparecem em uma ou duas semanas. Apenas nos casos em que há complicações, a caxumba pode afetar o pâncreas, a tireóide ou os testículos.
O diagnóstico é feito pelo exame clínico sorológico: é coletado sangue do paciente para observar se existem anticorpos que comprovem que o vírus está no organismo. Simão esclarece ainda "que não há um tratamento específico para a caxumba, há o tratamento sintomático", para aliviar a dor e febre, por exemplo.
Para prevenção, Oliveira, da Secretaria Municipal de Saúde, explica que quem tem acima de 29 anos precisa ter tomado pelo menos uma dose da vacina tríplice viral, e quem tem menos de 29 anos deve ter duas doses da vacina.
A vacinação na UFU
Quem pode se vacinar: toda a comunidade acadêmica.
Quando e onde acontece: o primeiro dia é 12/04, no Bloco 1B do Campus Santa Mônica, de 7h às 17h; o segundo é 18/04, no Centro de Convivência do Campus Santa Mônica, no mesmo horário.
O que é preciso levar: é ideal ter em mãos o cartão de vacina, porque a vacinação é voltada para quem não tomou a dose. No caso de alunos que não estejam com o cartão, a equipe de vacinação vai entrevistá-los para entender a probabilidade de já serem ou não vacinados.
Onde mais encontrar a vacina?
Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF): segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30;
Unidades Básicas de Saúde (UBS): segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30;
Unidades de Atendimento Integrado (UAI): segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. “
TÓPICOS:
Participe! Deixe seu comentário!

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça os 10 Benefícios do Cajá-Manga Para sua Saúde!

8 Receitas para fazer com a Abóbora sendo, 4 Receitas Light!

3 Receitas para fazer com o Murici e Os Benefícios do Murici Para Saúde!